6.5.21

 LLANSOL NO «LIVRO DE BORDO» DE LEIPZIG

A publicação Logbuch [Livro de Bordo), totalmente dedicada à Feira do Livro de Leipzig, cancelada neste ano em que Portugal era o país-tema, evoca Maria Gabriela Llansol e o seu «projecto Lisboaleipzig» em duas páginas, com uma entrevista ao seu tradutor Markus Sahr e ao editor da Leipziger Literaturverlag, Viktor Kalinke. Ambos destacam a originalidade desta escrita e deste projecto de quase toda uma vida, não esquecendo outras autoras portuguesas com livros publicados também agora em alemão, como Hélia Correia ou Yvette Centeno.

3.5.21

LLANSOL EM ALEMÃO

Apresentação de livros

Tradução: Ilse Pollack/Markus Sahr                           Tradução: Markus Sahr

Na próxima quarta-feira, dia 5 de Maio, pelas 18 horas (hora portuguesa) serão apresentados online (em alemão) os dois livros de Maria Gabriela Llansol que estavam previstos para apresentação ao vivo na Feira do Livro de Leipzig, que foi cancelada. A sessão, via Zoom, pode ser acompanhada através do seguinte link e respectivos códigos:

https://zoom.us/j/96265609061?pwd=ZExlWk1tbC9HUTNhUndOcTl3enFiZz09 

Meeting-ID: 962 6560 9061 

Kenncode: T9zGyd

A apresentação será feita por um dos tradutores, Markus Sahr, e pelo editor da Leipziger Literaturverlag, Viktor Kalinke, e nela serão também mostrados dois videos em que João Barrento apresenta (em alemão) Um Falcão no Punho e Lisboaleipzig. A sessão Zoom poderá também ver-se a partir do dia seguinte, no canal You Tube da Editora:  

https://www.youtube.com/channel/UCvqW4hx_-1ZT8g1ZhRt6A1Q

2.5.21

«HÁ O MAR»

Giulia Napoleone desenha a partir de Llansol

 

A artista italiana Giulia Napoleone, que em 2014 fez o desenho de capa para a edição francesa de Onde Vais, Drama-Poeia?, continua ainda ligada a esse livro, de onde extraiu uma passagem para o livro de artista com o título Há o Mar (que estará presente numa exposição em Lugano), retirado desse livro de Llansol. Mostramos a seguir a sequência das sete páginas, com três desenhos a tinta-da-china:




28.4.21

A VOZ DAS FIGURAS

11 - Vergílio Ferreira

Terminamos hoje a série de leituras de textos de Figuras das obras de Llansol, com aquele que foi a um tempo companheiro filosófico e figura central no seu terceiro diário, Inquérito às Quatro Confidências.

Link para aceder ao video:   https://vimeo.com/542370785

26.4.21

A VOZ DAS FIGURAS

10 - Robert Musil

 Link para aceder ao video:  https://vimeo.com/541386395

23.4.21

A VOZ DAS FIGURAS

9 - Friedrich Nietzsche

(0 Homem do Livro no dia Mundial do Livro)

Link para aceder ao video da leitura:  https://vimeo.com/540374877

E como hoje é o Dia Mundial do Livro, e Nietzsche é em Llansol o HOMEM DO LIVRO, aqui fica também o testemunho da nossa autora sobre esse instrumento (ainda) fundamental que é o livro, receptáculo de ideias, do Vivo e da experiência humana. Alguém que me olha, como escreve Llansol:

1. 

... Nietzsche é um homem do livro... Abre um dos seus livros e os dois copiamos o que lá está escrito, como se fosse texto por escrever... (O Livro das Comunidades, Lugar 16).

2.

A partir de um certo momento, cada livro era para mim como uma folha de papel. E eu não lia. Estava sentada diante de alguém, mais precisamente de alguma coisa que continha alguém.

Olhávamo-nos mutuamente, trocando visões e recordações. Tinha a presença corpórea do livro sobre a mesa, ou seja, do outro, e o todo fazia parte da mesma voz.

Lia lentamente porque escrevia lentamente. Passava o tempo todo em busca da nossa morte, sem medo, sabendo que ela seria, apesar de tudo, uma explosão, e a escrita estaria em qualquer lugar.

(Avulsos 31-32 do caderno 1.01; Livro de Horas I. Original em francês)
 

21.4.21

A VOZ DAS FIGURAS

8 - Baruch Spinoza

Link para aceder ao video: https://vimeo.com/539279100 

19.4.21

A VOZ DAS FIGURAS

7 - Eckhart e Müntzer: Os teólogos do Vazio e da Revolução


Link para o video:  https://vimeo.com/538351749


16.4.21

A VOZ DAS FIGURAS

6 - Os místicos (Ibn' Arabî | Hadewijch | S. João da Cruz)




Link para ver o video:  https://vimeo.com/537621614

15.4.21

NOVOS LIVROS

de e sobre Maria Gabriela Llansol


Acabam de sair duas edições com obras de Maria Gabriela Llansol em alemão, no âmbito da Feira do Livro de Leipzig, que não se pôde realizar neste ano em que Portugal seria o país-tema e toda a participação nacional foi colocada sob o signo de Llansol, com o título «Encontros insperados».

Os dois livros agora publicados são o diário Um Falcão no Punho e uma nova edição de Lisboaleipzig, num só volume em formato de bolso. Ambos os livros são ilustrados com fotos e manuscritos, sairam na editora Leipziger Literaturverlag, com tradução de Markus Saht e Ilse Pollack, e serão apresentados, numa sessão online, no dia 5 de Maio, com intervenções de João Barrento em dois videos gravados expressamente para essa ocasião. 

 

Também agora foi publicado pela Universidade Lusófona, em colaboração com a Sociedade Ibn' Arabî de Murcia, um belo volume que reune as intervenções do colóquio que organizámos em 2017 sob o tema A Imaginação do Amor - Llansol e Ibn' Arabî. Esta publicação, da responsabilidade de Fabrizio Boscaglia (docente da Universidade Lusófona, membo do Instituto de Filosofia da Universidade de Lisboa, e especialista nas relações literárias entre Portugal e o Islão) e Luiza Rosa (investigadora e performer brasileira) retoma a edição online da revista da Sociedade Ibn' Arabî El Azufre Rojo, de 2019, agora em papel. 

 

Destacamos o testemunho (em inglês) de uma grande amiga de Llansol e Augusto Joaquim durante o exílio belga, a Profª Christine Gruwez (nesses anos 60 e 70 Christine Lauwert), que terá dado a conhecer a Maria Gabriela o universo do misticismo sufi. Esse testemunho fecha com a seguinte observação:

«Gaby, por vezes de maneira muito divertida, evitava que a nossa conversa derivasse para questões teológicas ou filosóficas. Era o coração, o órgão da percepção interior, que tinha de falar, numa linguagem para além das palavras. Uma linguagem cujas palavras só ela era capaz de criar».